ACT 2022/2023 da EPASA é aprovado pelos trabalhadores

Publicado em 29.03.2022
A diretoria do Sindeletric realizou assembleia, no início da tarde desta segunda-feira, na sede da EPASA para apresentar aos trabalhadores a proposta do Acordo Coletivo negociado entre o sindicato e os representantes da empresa. 
Os principais pontos negociados pelo sindicato, após diversas rodadas de negociação, foram detalhados durante a assembleia que teve a participação de um número expressivo de trabalhadores. Após apresentar e debater a proposta, o Sindeletric colocou em votação e, por unanimidade, o Acordo Coletivo de Trabalho 2022/2023 foi aprovado pelos presentes. 
 
Confira abaixo os principais itens aprovados: 
• Todos os salários e demais cláusulas econômicas da categoria reajustados pelo INPC acumulado dos últimos 12 meses, que corresponde a um incremento de 10,59%;
• Auxílio alimentação corrigido em 15%, que corresponde a 4,41 % acima da inflação acumulada no período.
• Reajuste dos salários e demais cláusulas econômicas retroativo a 1º de fevereiro, com exceção do reajuste previsto para o auxílio alimentação.
• Congelamento da participação dos empregados no custo da refeição oferecida no refeitório da empresa.
• Congelamento da participação do empregado no custeio do transporte fretado da empresa.
• Manutenção das demais cláusulas econômicas previstas no Acordo Coletivo vigente.
 
O presidente do Sindeletric, José Carlos, fez uma avaliação positiva dos avanços alcançados pela categoria. Sabemos que esse Acordo Coletivo aprovado está longe do ideial, mas não podemos deixar de reconhecer que tivemos um progresso significativo no Acordo aprovado hoje. Temos que fazer valer a soberania da assembleia, destacou o presidente. 
O Sindeletric agradece a todos os trabalhadores que estiveram envolvidos no processo de construção do ACT e que participaram das assembleias. “Nós temos um compromisso com a categoria de trabalhar e construir através de negociação melhores condições de trabalho, incrementos financeiros e, consequentemente, garantir uma melhor qualidade de vida para os trabalhadores”, concluiu o presidente da entidade.